“Corres bem, mas corres fora do caminho”

Sob que critérios poderia orientar-se no mundo e julgar suas próprias escolhas e ações uma pessoa cuja vida não reconhece propósitos?

Se você deseja resolver qualquer problema em sua vida, a primeira coisa que deve ser considerada — e decidida racionalmente — é o seu fim: o fim último.

Isso porque, se você não escolher o fim último e não permanecer com ele como a orientação dos seus atos presentes, o que quer que você faça há de encaixar-se na famosa sentença de Santo Agostinho:

“Corres bem, mas corres fora do caminho.”

Estando numa situação como essa, a pior coisa que pode acontecer é que você “dê certo na vida”, ou seja, que alcance um objetivo que era buscado, como se fosse esse o seu fim último.

Pois, em algum momento, você pode acabar dando-se conta de que aquele não era exatamente o seu fim, não era a conquista daquele objetivo que haveria de proporcionar um real deleite à sua alma. Mas já terá gastado uma vida inteira tentando atingi-lo.

Quando uma pessoa não se deixa conduzir em vistas de um fim árduo, real e concreto — vivendo de momento em momento, de busca irrefletida em busca irrefletida —, ela não tem um critério objetivo para julgar as próprias decisões em área alguma da sua vida presente.

O resultado será que essa seqüência cega de momentos em momentos, de buscas irrefletidas em buscas irrefletidas, não gerará outra coisa senão saltos perpétuos de erros em mais erros e frustrações em mais frustrações.

Representação da virtude da prudência no Tímpano das Virtudes (afresco de Rafael Sanzio na Stanza della Segnatura, Vaticano).

Portanto, a decisão consciente do fim a ser perseguido é fundamental para qualquer vida minimamente humana.

Na ausência disso, torna-se impossível o desenvolvimento estrutural das virtudes, que é capitaneado pela prudência — exatamente a virtude que ordena todas as coisas ao fim último.

Sem o desenvolvimento da prudência, não há possibilidade de desenvolver virtude alguma e, conseqüentemente, de se ter uma vida realmente humana.

Uma vida com propósito é uma vida que se dirige e se aproxima diariamente do seu fim último.

Outros Artigos

Outros Artigos

Hollywood: fábrica de sonhos ou de frustrações?

Hollywood foi a responsável por desenvolver uma linguagem cinematográfica com um poder imenso de sedução e fascínio. O que todos ignoram é que aquela que ficou conhecida como grande fábrica de sonhos é, na verdade, uma perversa fábrica de frustrações. __ “No futuro, todos serão mundialmente famosos por quinze minutos.”...

O cinema está morto?

O cinema pode ser uma arte e um instrumento de conhecimento, um meio de descoberta, mas é geralmente utilizado como uma prodigiosa máquina de propaganda e persuasão, que, cativando o espectador com seus poderosos meios de sedução e entretenimento, instala em sua alma uma série de desvios, violando completamente a...

Pai X Professor: O que você precisa fazer a respeito da educação do seu filho?

Vivemos numa sociedade burguesa na qual as pessoas preferem pagar por serviços para que nunca tenham de se preocupar com aquilo. Assim também acontece com a educação dos filhos.  ___ Em um dos nossos textos mais recentes (Qual é a responsabilidade dos pais na educação dos filhos?) refletimos acerca da...

Qual é a responsabilidade dos pais na educação dos filhos?

Muitos pais, por insegurança, negligência ou ignorância, acreditam que podem terceirizar completamente a educação dos seus filhos. Não sabem eles que possuem uma missão que não há como ser transferida. ___ Colhem-se, porventura, uvas dos espinhos e figos dos abro­lhos? Toda árvore boa dá bons frutos; toda árvore má dá...

Por que seu filho deve ler literatura pagã? 

A suspensão do juízo moral: Aprendendo a ler literatura com O Estrangeiro, de Albert Camus

Muitos leitores de obras ficcionais da literatura, ao se debruçarem sobre narrativas diversas à sua própria realidade e visão de mundo, esbarram apressadamente num obstáculo quase insuperável que lhes impede de apreciar e compreender aquilo que leem e cuja contenção é indispensável para o domínio das capacidades de leitura e...

Data de Expiração: ---